A Lama do Valongo e a Arqueologia do Caô / Post #01

Sensacional texto de Spirito Santo! Axé!

SPIRITO SANTO

Creative Commons LicenseATENÇÃO:Todo o conteúdo deste blog está assegurado sob uma licença Criative Commons.

Postal angolano (Portugal) do século 19 (corte) Postal angolano (Portugal) do século 19 (corte)

As docas velhas e as mudas pedras pisadas do cais

O Tio esteve dias destes fazendo uma espécie de curiosa ‘inspeção’ às obras do “Porto Maravilha”, obras de revitalização das antigas Docas do Rio de Janeiro colonial e suas adjacências (uma denominação lascada de cínica, aliás, pois, trata-se de, entre outros resquícios imperiais, dar de cara com milhares de esqueletos de africanos soterrados num pântano que havia por ali na metade para o fim do século 18)

O trecho percorrido pelo Tio – todo registrado em fotos em vídeo porque o tio estava acompanhado por um pequena equipe de cinema que, no momento realiza um documentário baseado no trabalho, exatamente do… tio – compreendeu o Cais do Valongo (coberto pelo cais da Princesa em 1883) até o Museu dos Pretos…

View original post mais 2.395 palavras

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s