0

favela de madeira

Ateliê de Artes 587

Favela de madeira FEITO POR BIANCA BRANCO

View original post

Anúncios
0

A Lama do Valongo e a Arqueologia do Caô / Post #01

Sensacional texto de Spirito Santo! Axé!

SPIRITO SANTO

Creative Commons LicenseATENÇÃO:Todo o conteúdo deste blog está assegurado sob uma licença Criative Commons.

Postal angolano (Portugal) do século 19 (corte) Postal angolano (Portugal) do século 19 (corte)

As docas velhas e as mudas pedras pisadas do cais

O Tio esteve dias destes fazendo uma espécie de curiosa ‘inspeção’ às obras do “Porto Maravilha”, obras de revitalização das antigas Docas do Rio de Janeiro colonial e suas adjacências (uma denominação lascada de cínica, aliás, pois, trata-se de, entre outros resquícios imperiais, dar de cara com milhares de esqueletos de africanos soterrados num pântano que havia por ali na metade para o fim do século 18)

O trecho percorrido pelo Tio – todo registrado em fotos em vídeo porque o tio estava acompanhado por um pequena equipe de cinema que, no momento realiza um documentário baseado no trabalho, exatamente do… tio – compreendeu o Cais do Valongo (coberto pelo cais da Princesa em 1883) até o Museu dos Pretos…

View original post mais 2.395 palavras

Vídeo
0

Mudanças

Estou organizando novos conteúdos em animação para tornar este espaço verdadeiramente um videolog, conteúdo audiovisual. Onde vou explorar do roteiro a animação final. Serão perceptíveis as dificuldades iniciais com as ferramentas, mas espero que colabore e contribua em termos de conteúdo e entretenimento audivisual para vocês.

Logo que iniciamos esse projeto pensamos nessa ideia, porém foi um longo caminho até realmente poder voltar os olhos para a animação como uma excelente ferramenta.

 

Até o proximo post!

 

0

CITO ALGUNS MOTIVOS E REFLEXÕES PARA MOSTRAR QUEM SÃO OS EUA

Depois de ler sobre um americano que viveu aqui e resolveu criar uma lista de motivos pelos quais odiou ter morado no Brasil.

Segue o link que inspirou esse post: http://tudoparahomens.com.br/americano-cria-lista-de-motivos-pelos-quais-odiou-ter-morado-no-brasil/

(Não usei “Odiar”. Essa palavra cabe mais ao perfil deles. É da Cultura deles a Guerra, o sangue derramado em nome do poder. A perseguição das minorias, dos diferentes, a ambição. Suas riquezas e altos padrões de beleza não são à toa).

Seguem os tópicos:

– EUA apenas querem fazer do resto do mundo uma colônia deles. Quando acham algo de interessante em um país já procuram logo um meio de sugar. São os sanguessuga do Planeta.

– Querem ser a única potência, o único país a exercer domínio com medidas de Espionagem, Protecionismo e Comércio Monopolizado. Sem contar o Mercado Negro deles, que financiou e financia o “Terror”, as Guerras na África, o Tráfico Internacional de Drogas. Ou de onde vem as metralhadoras que arma as Facções e Máfias? Inclusive a violência aqui no Brasil. Como o Tráfico se arma? As armas ou são patenteadas lá, são montadas aqui, mas vem de lá a indústria.

– Racismo Deles não é só Com Negros Americanos não, é Com Toda a Raça Africana… Querem pisar na cabeça de qualquer coisa  no mundo que não seja americano e de tão hilário, é quase sempre latente observar que eles estão sempre pisando no próprio calo.

– Colocam a economia em primeiro lugar, esquecendo de todo o resto, inclusive o Meio Ambiente e a sua Saúde. Basta ver que a maioria dos alimentos oriundos de lá usam a química como arma e são em sua base cancerígenos.

– Além da Monsanto… Esse monopólio das sementes genéticas e a produção do Agrotóxico que torna tudo que é Orgânico em Veneno. Existe também a espionagem e a guerra de Biossegurança. Eles impedem e controlam qualquer semente no mundo, visando controle absoluto de todas as sementes.

– Ainda na Biossegurança, nessa guerra silenciosa, está também o roubo das nossas plantas da Amazônia. Todo tipo de planta medicinal, usadas pelos índios ou não, estão sendo rastreadas e mapeadas em laboratórios americanos, retiram o DNA, patenteiam e depois revendem através da sua indústria farmacêutica, a mais rentável do mundo, a preços absurdos, deixando os países com menos recursos dependentes e endividados.

– Seu grande plano é fabricar veneno e depois vender o antídoto bem caro. Ou seja, lucrar, lucrar e matar.

– Eles colocam a cultura deles como a mais importante, a melhor. Ridicularizando todo o resto do mundo. Sem respeito ou pudor algum.

– Cultivam o Ódio e o Preconceito na sua formação de base. Dividindo territórios Negros e Brancos… Desrespeitam território e espaço aéreo de qualquer outro país.

– Lembram do acidente da Boeing da Gol? “O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu reduzir as penas dos pilotos norte-americanos Joseph Lepore e Jan Paladino, condenados pelo acidente entre o jato Legacy, da empresa Excelaire, e o Boeing da Gol, que provocou a morte de 154”. Uma tragédia anunciada por puro deboche de dois americanos irresponsáveis. E ainda recebem regalias.

– Morte aos Índios: eles dizimam culturas e leva países pobres a um imenso grau de dependência.

– São Mesquinhos: Entram com ação contra uma pequenos produtores de alimentos para Impedir os Privilégios da Venda de Bananas, simplesmente para manter o seu monopólio nas vendas. Ou seja, se você é pequeno e tem privilégios que eles não têm… Eles vão fazer de tudo para tirar isso de você.

Toda a produção de alimentos industriais, com aditivos químicos cancerígenos que vem de lá. Visando apenas o lucro e a conservação período de validade desses alimentos. Essa prática é seguida pela maioria das indústrias brasileiras.

A indústria Farmacêutica manipula todos os procedimentos orgânicos para infiltrar o veneno na alimentação e na produção de alimentos em Grande Escala.

A cultura de usar grandes quantidades de Agrotóxicos utilizadas nas plantações vem de lá, visando o quê: lucro.

“Considerando a Terra como um ser vivo, e os países as células, os Estados Unidos seriam as células cancerígenas.”

Não sei de quem é essa frase, escrevi esse texto por puro impulso emocional, porque eu não consigo ver graça em nada nesse país, mas acredito que está fazendo todo sentido e não precisamos de muito para constatar isso.

2

Um Grande Sonho

Um Grande Sonho é a quarta faixa do sétimo disco da carreira de Dona Ivone Lara. Nasci Pra Sonhar e Cantar é um CD produzido pela Lusáfrica, gravadora europeia com os olhares voltados para talentos de Cabo Verde, África, América do Sul e Caribe. Esse disco deu uma grande visibilidade para a cantora no cenário da Worl Music. Vivendo há quase 40 anos em Madureira, Zona Norte da cidade, tem hoje 92 anos de vida e 80 de amor à música.

Continuar a ler

0

Música e Tecnologia – Sergio Krakowski

Imagina um evento onde a captação das notas emitidas por instrumentos musicais está interligada a um programa de computador que interpreta essas notas em movimentos de imagens projetadas, quase em tempo real, no telão. Ou seja, os instrumentos tocam o filme. Em poucas palavras, o músico vai além da expressão sonora, com o auxílio de programas de computador para tocar uma história visual do seu som.

Continuar a ler